shutterstock_504336472 (1)

Campanha de descarte correto de medicamentos, em parceria com a FAMP, se torna lei municipal em Mineiros

A campanha de descarte correto de medicamentos, criado pela professora do curso de Farmácia e diretora técnica da Farmácia Alquimia, Jucemara Brigoni, trouxe vários resultados positivos e, após apresentado na Câmara Municipal, se tornou a Lei Nº 1.869 de 10/10/2018. O projeto é uma parceria entre a FAMP, o Hospital Samaritano e a Alquimia, que implantaram coletores especiais em suas unidades, e visa popularizar o uso de coletores para o descarte adequado de medicamentos vencidos ou cujo o uso tenha sido interrompido.

Partindo da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que estabelece como obrigatoriedade o descarte correto de medicamentos, a campanha incentiva a logística reversa, de maneira que as farmácias e drogarias recolham os medicamentos descartados e os encaminhem para o seu destino final sem risco de contaminação dos lençóis freáticos.

Segundo o projeto, o Brasil é o sétimo mercado mundial em volume de medicamentos vencidos e estima-se que 10 mil a 28 mil toneladas de remédios são jogadas no lixo comum. Essa prática é uma das principais responsáveis pela intoxicação por medicamentos, além da contaminação do meio ambiente. A pesquisa aponta, ainda, que cada quilo de medicamento coletado deixa de contaminar 450 mil litros d’água.

Compartilhe em suas redes

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email